Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Concentração em Partes por Milhão (ppm)

Os detritos lançados na água, mesmo em pequenas quantidades, como em concentrações em ppm, podem causar poluição

Quando trabalhamos com soluções em que a quantidade de soluto dissolvida é muito pequena, costuma-se utilizar a unidade ppm, que significa partes por milhão.

Definição de concentração em ppm

Por exemplo, se dissermos que a concentração de uma solução é de 50 ppm, significa que existem 50 gramas do soluto dissolvidos em um milhão de partes da solução.

Visto que as soluções com as quais se trabalha o ppm são bastante diluídas, a massa ou o volume da solução é praticamente igual à massa ou volume do solvente.

Se estivermos trabalhando com soluções líquidas ou sólidas, o ppm é expresso em massa; porém quando forem gasosas, o ppm deve ser expresso em volume.

Por exemplo, o padrão aceitável para a concentração de monóxido de carbono, CO, no ar é de 9 ppm, o que quer dizer que deve haver 9 L de monóxido de carbono em cada milhão de litros de ar. Porém, em cidades grandes, como São Paulo, já foram registrados índices de 13,4 ppm.

Poluição causada por veículos

Conforme esse exemplo ilustra, o ppm geralmente é usado referindo-se a fatores relacionados à poluição, tais como índices máximos permitidos de gases poluentes no ar, de metais pesados (como o chumbo) nas águas de abastecimentos, de produtos químicos que contaminam rios e lagos, e assim por diante.

Outro exemplo é a quantidade máxima aceitável de enxofre no óleo diesel. Segundo a resolução de 2002, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), essa quantidade deve ser de 50 ppm, ou seja, 50 partes de enxofre para 1 000 000 de partes do óleo diesel.

A quantidade de enxofre no diesel é medida em ppm

Além disso, o ppm também é usado em produtos de higiene e alimentos. Por exemplo, os cremes dentais costumam trazer em seus rótulos a quantidade em ppm de flúor (na forma de algum sal) que eles apresentam. Os corantes dos produtos alimentícios podem conter metais pesados, como chumbo e cobre, que também são mensurados em ppm.

Nos casos citados, usamos a mesma unidade para a parte do soluto e para a parte da solução. Porém, existem algumas relações de unidade que correspondem ao ppm. Um exemplo é:

1 ppm = 1 mg
              1 kg

Isso ocorre porque 1 mg é igual a 1 . 10-3g e 1 kg é o mesmo que 1 . 103g, assim, temos:

1 ppm = 1 . 10-3g
              1 . 103g

1 ppm = 1 . 10-6g  
                 1 . g

1 ppm = 1 g
             
106g
As relações que resultam em ppm são:

Unidades de concentração que equivalem à relação 1 ppm

Vejamos um exemplo de como utilizar essa unidade para resolver exercícios:

Um refrigerante contém 0,1% em massa de benzoato de sódio. Qual o valor dessa concentração em partes por milhão (ppm)?

Resolução:

100 g de refrigerante --- 0,1 g de benzoato de sódio
106 g (um milhão) ------ x
x = 0,1 g/100g
x = 1000 g

Há 1000 g de benzoato de sódio em 1 milhão de gramas do refrigerante, ou seja, sua concentração é de 1000 ppm.


Por Jennifer Rocha Vargas Fogaça
    Deixe seu comentário para "Concentração em Partes por Milhão (ppm)"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Inglês
    Aprenda o conceito e as classificações dos artigos utilizados na língua inglesa.

    ..................................................

    História do Brasil
    Informe-se a respeito de como viviam os índios na época do descobrimento do Brasil.

    ..................................................