Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Como escrever corretamente

A prática é essencial na desenvoltura de tal atividade

O ato de escrever, por si só, nos diz da ação de colocar no papel o conhecimento adquirido a respeito de algum assunto, ou a expressão em palavras do que sentimos, das nossas reflexões.

 Sabemos que para cada situação existe uma convenção de fala e escrita. Contudo, a fala por partir de cada um, por ser algo individual, é mais fácil de ser moldada de acordo com a situação lingüística. Já a escrita, por ser declaradamente social, já que segue normas e até mesmo leis gramaticais, é menos suscetível a mudanças.

A situação lingüística, citada anteriormente, é toda aquela que tem um emissor e um receptor que discursam sobre determinado assunto com um objetivo: uma carta ao amigo, uma declaração política, um bilhete para a mãe, uma palestra, uma conversa no msn com um colega, e assim por diante.

 Contudo, há uma convenção gramatical que deve ser respeitada, por unificar a escrita. Esta unificação é positiva, pois integra e aproxima os países que falam a língua portuguesa.

O ato de escrever corretamente requer da pessoa uma reflexão sobre o tipo de texto e de quem será o receptor da mensagem. O uso geral das normas gramaticais nos textos, como concordâncias nominal e verbal e acentuação são plausíveis de serem observadas por quem escreve, assim como a abordagem do tema e a fuga do mesmo. É importante estar atento ao tema quando se escreve. Uma dica é para cada parágrafo que escrever volte ao assunto discutido e leia se o que está sendo escrito corresponde com a temática proposta. A grafia também é fato muito importante, alguns concursos públicos e até mesmo o vestibular estão descontando pontos nas redações com letra ilegível. Até mesmo os médicos tiveram que modificar a postura gráfica quanto à prescrição de receita de medicamentos. E realmente não há outra forma de escrever corretamente, se não a de treinar a escrita.

Leitura é fundamental para quem quer escrever e se interagir com os diferentes tipos de discurso existentes e, conseqüentemente ampliar o vocabulário lingüístico. Para quem não gosta de ler, ou melhor, não está habituado à leitura, comece lendo revistas, jornais e livros de contos, já que são de leitura rápida e fácil.

 O ato de escrever corretamente, na verdade, é um ato de disposição à escrita e à leitura e ao condicionamento do indivíduo aos novos conhecimentos gramaticais e lingüísticos.

Atenção: Fique atento às mudanças nas normas ortográficas, que passam a vigorar a partir de 2009, contudo, têm prazo de três anos de transição, ou seja, até 2012. Quando entrar em vigor o acento circunflexo cai nas terceiras pessoas do plural do presente do indicativo ou do subjuntivo dos verbos “crer”, “dar”, “ler”, “ver” e seus decorrentes, e permanecem com a seguinte forma gráfica: “deem”, “creem”. O trema desaparecerá de todas as palavras: “linguiça”, “quinquênio”, etc.. O acento agudo cai nas palavras terminadas em “oia” e “eia”: “joia”, “geleia”. O alfabeto passa a ter 26 letras, com a incorporação do “k”, “w” e “y”.


Por Alunos Online
    Deixe seu comentário para "Como escrever corretamente"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Química
    Aprenda a classificar corretamente os diferentes tipos de materiais magnéticos.

    ..................................................

    Gramática
    Fique ligado em alguns casos especiais de concordância verbal.

    ..................................................