Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Casos especiais e facultativos do uso da crase

Algumas das particularidades do uso da crase estão relacionadas aos casos especiais e facultativos

Entendermos acerca do uso da crase, entre outros aspectos, e que tal ocorrência linguística se encontra estreitamente relacionada aos casos de regência nominal e verbal, isto é, se uma das junções que resultam nesse acento se dá por meio da preposição, é porque determinados verbos e determinados nomes (substantivos, adjetivos e advérbios) requerem, exigem ser preposicionados.

Como usuários, termos consciência desse detalhe importantíssimo, afirmamos que já representa o marco inicial para uma perfeita compreensão, haja vista que outros aspectos tendem também a preponderar, como é o caso das regras, uma vez preestabelecidas, bem como algumas exceções, demarcadas por aquelas circunstâncias em que não fazemos uso e outras em que o uso se torna facultativo. Dadas essas razões, o artigo em evidência tem por finalidade cumprir um papel decisivo no que se refere ao seu aprendizado: explicitar acerca exatamente desses casos facultativos e dos casos considerados especiais, ambos demarcados abaixo:

Casos facultativos

# Antes de pronomes possessivos femininos:

Desejamos felicidades às (as nossas) primas.

# Depois da preposição “até”:

Precisamos ir (até) a biblioteca devolver alguns livros.

# Antes de nomes próprios femininos (de pessoas):

Dirigi-me a Beatriz no sentido de desejar-lhe boa sorte.

Observação: Nos casos em que o nome próprio vier especificado, determinado, haverá o uso da crase:

Dirigi-me à bela Beatriz no sentido de desejar-lhe boa sorte.

Casos especiais do uso da crase

# Nos casos relativos à palavra “distância”, há dois aspectos a serem observados:

- Quando ela estiver indeterminada, o uso da crase não se faz necessário:

Enxergavam a distância.

- Nas circunstâncias em que a palavra distância estiver determinada, o uso da crase será obrigatório:

Enxergavam à distância de três metros.

# Diante da palavra terra, também há de se observar alguns detalhes:

- No sentido de chão firme, opondo-se a bordo, o uso da crase não é recomendado:

Os tripulantes do navio desceram a terra por volta de 7h da manhã.

- Já no sentido de se referir ao planeta Terra, bem como se a palavra terra estiver acompanhada de um determinante, indicando lugar de origem, o uso da crase será recomendado:

Retornei à terra onde nasci há dois meses.

Você parece estar em Marte, tamanha é sua distração, por isso volte à Terra o quanto antes.

# Em se tratando da palavra casa, duas ponderações se fazem presentes:

- No caso de a palavra casa aparecer sem nenhum qualificativo, o uso da crase não será recomendado:

Ela voltou a casa hoje pela manhã.

- Já se a palavra casa estiver determinada, o uso se fará necessário:

Ela voltou à casa dos pais hoje pela manhã.


Por Vânia Maria do Nascimento Duarte
    Deixe seu comentário para "Casos especiais e facultativos do uso da crase"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Depressão
    Entenda os sintomas desse problema psicológico.

    ..................................................

    História
    Compreenda o que foi o Plano Marshall.

    ..................................................