Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Política de alianças para a Primeira Guerra Mundial

Os blocos opostos que se rivalizaram durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) constituíram-se no final do século XIX: Tríplice Aliança X Tríplice Entente

No final do século XIX vários países europeus industrializados forjavam alianças e acordos que culminaram, no ano de 1914, na Primeira Guerra Mundial. A Alemanha havia passado pelo processo de unificação entre 1870-1871, tornando um Estado forte e industrializado, o líder alemão Bismarck derrotou a França na Guerra Franco-Prussiana (1871). Com essa derrota, a França perdeu para a Prússia (Estado que liderou a unificação alemã) as regiões da Alsácia e Lorena.

Os alemães, temerosos de alguma retaliação francesa e a fim de manter as fronteiras que haviam adquiridos, desenvolveram uma política externa de alianças, os principais países que se tornaram aliados da Alemanha foram o Império Austro-húngaro  e a Itália, juntos formaram a Tríplice Aliança.

A França, temerosa da ascensão alemã, procurou realizar alianças; o primeiro país que fechou acordos com os franceses foi a Rússia, após a França ter garantido vultosas quantias de empréstimos para a modernização e industrialização russa no século XIX. A Inglaterra era outro país que não estava satisfeito com o desenvolvimento econômico e industrial da Alemanha, logo se aproximou da Rússia e da França e formaram a Tríplice Entente na década de 1890.

Como vimos, antes do início do século XX o continente europeu se encontrava praticamente dividido em alianças e acordos: de um lado a Tríplice Aliança (Alemanha, Império Austro-Húngaro e Itália) e de outro, a Tríplice Entente (Inglaterra, França e Rússia).

Com as alianças efetivadas no final do século XIX, cada bloco não possuía uma unidade e coesão interna, por exemplo, internamente a Tríplice Aliança possuía oposições, a Itália e a Áustria disputavam territórios; as divergências também ocorriam na Tríplice Entente, tanto a França quanto a Inglaterra não compactuavam com o regime czarista absolutista russo.

Além da política de alianças realizada antes do início do conflito, os países também praticavam a corrida armamentista, movidos pelo medo e pela desconfiança que pairava entre os europeus.

Antes do início da Primeira Guerra Mundial, em 1914, vários conflitos por questões territoriais envolveram os países europeus e suas colônias na África e na região do leste europeu, na região dos Balcãs. As alianças, os acordos e a corrida armamentista entre os países europeus já delineavam o esperado conflito mundial que ocorreu entre 1914 e 1918.


Por Leandro Carvalho
    Deixe seu comentário para "Política de alianças para a Primeira Guerra Mundial"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Depressão
    Entenda os sintomas desse problema psicológico.

    ..................................................

    História
    Compreenda o que foi o Plano Marshall.

    ..................................................