Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

O atentado da Rua Toneleros

Uma imagem do atentado: Carlos Lacerda junto ao corpo do militar morto na Rua Toneleros.

No dia 5 de agosto de 1954, Carlos Lacerda, seu filho Sergio e o major Florentino Vaz foram surpreendidos por tiros quando chegavam a sua casa. Após a agitação promovida pelos disparos, o major da aeronáutica foi dado como morto e Carlos Lacerda alvejado com um tiro no pé. Mediante esse desfecho, o polêmico atentado da Rua Toneleros ganhou espaço nos principais meios de comunicação do país.

Como jornalista, Carlos Lacerda não poupou acusações de que a trama seria arquitetada por Getúlio Vargas, o seu mais ferrenho opositor político. Abertas investigações, o nome dos envolvidos no episódio foram encontrados. Após elencarem os executores, as autoridades policiais alcançaram o nome de Gregório Fortunato, mandante do crime e chefe da guarda pessoal do presidente Getúlio Vargas.

O episódio foi um golpe fatal contra a credibilidade do governo democrático de Vargas. Eram tempos difíceis, as ondas de greve, a inflação e o aumento do custo de vida colocavam em xeque a credibilidade do governo. Com o estouro desse escândalo, criou-se um cenário favorável à deflagração de um golpe arquitetado pelas alas políticas mais conservadoras e os militares.

Alcino João Nascimento, Climério Euribes de Almeida e Gregório Fortunato foram acusados e presos pelo homicídio. Já Vargas, observando imediatamente o precedente aberto pelo evento, preferiu atentar contra a própria vida a entregar o governo para um regime golpista. Disparou um tiro contra o peito, e logo acionou a comoção geral que impediu a deflagração do golpe.

Apesar das provas, o Atentado da Rua Toneleros ainda promoveu uma grande polêmica entre os historiadores e interessados na data. Para alguns, o crime foi uma tramoia premeditada pelo próprio Carlos Lacerda e pelos militares que apoiavam a deposição de Getúlio Dornelles Vargas.
Alcino João Nascimento, o único acusado vivo, diz que os disparos foram feitos pelo próprio Carlos Lacerda. Assim se instala uma incógnita que a História não é capaz de resolver.


Por Rainer Sousa
    Deixe seu comentário para "O atentado da Rua Toneleros"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Educação Artística
    Conheça os principais aspectos da arte pontilhista.

    ..................................................

    Redação
    Aprenda como redigir uma carta comercial.

    ..................................................