Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Tipos de colisões

Na foto temos o momento da batida do carro teste contra o anteparo

Em Física, colisões entre dois corpos constituem uma interação rápida e violenta, pois as forças trocadas são de grande intensidade. Nesse breve intervalo de tempo, os corpos trocam entre si forças de intensidades muito maiores do que as ações externas, o que nos permite considerar que o sistema é isolado.

Como consideramos o sistema mecanicamente isolado, a quantidade de movimento do sistema conserva-se em toda colisão, ou seja, a quantidade de movimento antes da colisão é igual à quantidade de movimento depois da colisão, isto independentemente do tipo de colisão. Portanto, podemos escrever:

Qantes= Qdepois
mA.vA+mB.vB= mA.vA'+mB.vB'

Tipos de choques

- Choque perfeitamente elástico – assim denominamos as colisões em que as forças agentes na fase de interação são exclusivamente elásticas e, portanto, conservativas. Nesse tipo de colisão, toda a energia cinética consumida na etapa de deformação reaparece na fase de restituição. O coeficiente de restituição é, portanto, 100%, isto é, igual a 1.

|vafast |=| vaprox |   ⇒  e=1
Ec i= Ec f

- Choque parcialmente elástico – colisão em que, além das forças elásticas, forças dissipativas oriundas de atritos internos agem na fase de interação. Parte da energia cinética consumida na deformação dos corpos é dissipada como energia térmica. A maioria das colisões do mundo macroscópico é desse tipo.

|vafast |<| vaprox |   ⇒  0 Ec i> Ec f

- Choque inelástico – toda energia cinética consumida na deformação é perdida em outras formas de energia como a térmica e a sonora. Dessa forma, não ocorre restituição (e = 0), portanto os corpos seguem juntos com a mesma velocidade. Assim, temos:

|vafast |=0⇒  e=0
Ec i>>> Ec f

Resumindo, temos:

Resumo dos tipos de choques existentes


Por Domiciano Correa Marques da Silva
    Deixe seu comentário para "Tipos de colisões"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Geografia do Brasil
    Entenda a origem da atual distribuição industrial do país.

    ..................................................

    Português
    Leia a respeito da regência nominal.

    ..................................................