Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

As ondas eletromagnéticas

As ondas de rádios, TVs, raios X, micro-ondas e, principalmente, a luz do sol são exemplos de ondas eletromagnéticas.

Ondas eletromagnéticas

Embora não possamos vê-las, sabemos que as ondas eletromagnéticas estão presentes no nosso cotidiano. Elas estão nos rádios, TVs, raios X, nos fornos de micro-ondas e principalmente na luz visível (luz do Sol).

Ao estudarmos a lei de Faraday, podemos verificar que quando há variação no campo magnético, surge um campo elétrico. Já o físico Maxwell disse o contrário: para ele, quando há variação no campo elétrico surge um campo magnético.

Maxwell propôs que quando cargas elétricas são aceleradas, produz-se um campo elétrico e um campo magnético que se propagam pelo espaço. Portanto, a oscilação da carga produz um campo magnético e um campo elétrico que variam com a mesma frequência da carga oscilante.

Ele mostrou que os campos magnéticos e elétricos oscilam com o mesmo período, portanto, a direção de propagação de uma onda eletromagnética é perpendicular às direções de oscilação do campo elétrico e magnético. Sendo assim, ele afirmou que as ondas eletromagnéticas são transversais.

Maxwell provou que as ondas eletromagnéticas se propagam com a mesma velocidade quando estão no vácuo, c = 3.108 m/s. Por ter a mesma velocidade da luz, Maxwell pôde concluir que a luz é uma onda eletromagnética.

Dependendo da frequência e da estrutura de um meio material, uma onda eletromagnética pode ou não se propagar. Se ela conseguir se propagar, sua velocidade será sempre menor que a velocidade da luz (c = 3.108 m/s).


Por Domiciano Correa Marques da Silva
    Deixe seu comentário para "As ondas eletromagnéticas"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Geografia do Brasil
    Entenda a origem da atual distribuição industrial do país.

    ..................................................

    Português
    Leia a respeito da regência nominal.

    ..................................................