Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Transporte passivo

O transporte passivo é a troca de substâncias da célula com o meio, que ocorre sem gasto de energia. Os tipos de transporte passivo são: difusão simples, osmose e difusão facilitada.

A difusão simples se caracteriza pela movimentação de moléculas de soluto do lugar mais concentrado para o menos concentrado. Para que ocorra essa movimentação, a membrana deve ser permeável a essa substância e deve haver diferença de concentração no interior e no exterior da célula.

A entrada de O2 e a saída de CO2 nas células ocorrem por difusão simples. Como a célula realiza a respiração celular, a concentração de O2 em seu interior é menor e a concentração de CO2 é maior. O O2 tem concentração mais alta no meio extracelular, enquanto que o CO2 tem maior concentração no meio intracelular. A membrana celular é permeável a essas duas substâncias (O2 e CO2), por isso, por meio da difusão simples, o O2 se difundirá para dentro da célula, enquanto que o CO2 se difundirá para fora da célula.

As trocas gasosas entre a célula e o ambiente se dão por difusão simples.
As trocas gasosas entre a célula e o ambiente se dão por difusão simples

Outro tipo de transporte passivo é a osmose. Na osmose quem se desloca da solução menos concentrada para a mais concentrada é o solvente que, em geral, é a água. Se colocarmos uma célula em água pura, veremos que a célula ficará cheia, pois a concentração de água é maior fora da célula. Pelo fato de a membrana ser de natureza semipermeável, ela dá passagem livre aos solventes, enquanto que impede ou dificulta a passagem dos solutos. Se colocarmos outra célula em uma solução muito concentrada de água com açúcar, veremos que a célula murchará, pois há maior quantidade de solvente dentro da célula, o que acarretará na difusão da água de dentro da célula para fora dela.

Quando temos uma solução com grande concentração de soluto dizemos que ela é hipertônica. Quando a solução tem maior concentração de solvente a chamamos de hipotônica; e quando solvente e soluto estão em equilíbrio dizemos que a solução é isotônica. Na osmose, a difusão de solvente é maior da solução hipotônica para a solução hipertônica.

Soluções hipertônica, isotônica e hipotônica.
Soluções hipertônica, isotônica e hipotônica

A difusão facilitada é o último tipo de transporte passivo. Nesse tipo de difusão há a participação de proteínas chamadas permeases. Água e oxigênio difundem-se facilmente por meio da osmose e da difusão simples. Mas em nosso organismo há outras substâncias de que a célula necessita para manter seu metabolismo, como aminoácidos, glicose, vitaminas, íons como cálcio, cloro, sódio e potássio. O papel das permeases é facilitar a passagem dessas substâncias, pois se elas fossem entrar ou sair da célula por difusão simples iria demorar muito.


A difusão facilitada tem a participação de proteínas chamadas permeases


Por Paula Louredo Moraes
    Deixe seu comentário para "Transporte passivo"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Geografia do Brasil
    Entenda a origem da atual distribuição industrial do país.

    ..................................................

    Português
    Leia a respeito da regência nominal.

    ..................................................