Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Transporte passivo

O transporte passivo é a troca de substâncias da célula com o meio, que ocorre sem gasto de energia. Os tipos de transporte passivo são: difusão simples, osmose e difusão facilitada.

A difusão simples se caracteriza pela movimentação de moléculas de soluto do lugar mais concentrado para o menos concentrado. Para que ocorra essa movimentação, a membrana deve ser permeável a essa substância e deve haver diferença de concentração no interior e no exterior da célula.

A entrada de O2 e a saída de CO2 nas células ocorrem por difusão simples. Como a célula realiza a respiração celular, a concentração de O2 em seu interior é menor e a concentração de CO2 é maior. O O2 tem concentração mais alta no meio extracelular, enquanto que o CO2 tem maior concentração no meio intracelular. A membrana celular é permeável a essas duas substâncias (O2 e CO2), por isso, por meio da difusão simples, o O2 se difundirá para dentro da célula, enquanto que o CO2 se difundirá para fora da célula.

As trocas gasosas entre a célula e o ambiente se dão por difusão simples.
As trocas gasosas entre a célula e o ambiente se dão por difusão simples

Outro tipo de transporte passivo é a osmose. Na osmose quem se desloca da solução menos concentrada para a mais concentrada é o solvente que, em geral, é a água. Se colocarmos uma célula em água pura, veremos que a célula ficará cheia, pois a concentração de água é maior fora da célula. Pelo fato de a membrana ser de natureza semipermeável, ela dá passagem livre aos solventes, enquanto que impede ou dificulta a passagem dos solutos. Se colocarmos outra célula em uma solução muito concentrada de água com açúcar, veremos que a célula murchará, pois há maior quantidade de solvente dentro da célula, o que acarretará na difusão da água de dentro da célula para fora dela.

Quando temos uma solução com grande concentração de soluto dizemos que ela é hipertônica. Quando a solução tem maior concentração de solvente a chamamos de hipotônica; e quando solvente e soluto estão em equilíbrio dizemos que a solução é isotônica. Na osmose, a difusão de solvente é maior da solução hipotônica para a solução hipertônica.

Soluções hipertônica, isotônica e hipotônica.
Soluções hipertônica, isotônica e hipotônica

A difusão facilitada é o último tipo de transporte passivo. Nesse tipo de difusão há a participação de proteínas chamadas permeases. Água e oxigênio difundem-se facilmente por meio da osmose e da difusão simples. Mas em nosso organismo há outras substâncias de que a célula necessita para manter seu metabolismo, como aminoácidos, glicose, vitaminas, íons como cálcio, cloro, sódio e potássio. O papel das permeases é facilitar a passagem dessas substâncias, pois se elas fossem entrar ou sair da célula por difusão simples iria demorar muito.


A difusão facilitada tem a participação de proteínas chamadas permeases


Por Paula Louredo Moraes
    Deixe seu comentário para "Transporte passivo"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Educação Artística
    Conheça os principais aspectos da arte pontilhista.

    ..................................................

    Redação
    Aprenda como redigir uma carta comercial.

    ..................................................