Esqueci minha senha

Cordados

Os cordados têm como representantes mais conhecidos os peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos

Os cordados são animais pertencentes ao filo Chordata. Nesse filo estão inclusos os animais vertebrados que possuem algumas características, como: corpo segmentado, circulação fechada, coração ventral, simetria bilateral, sistema digestório completo, endoesqueleto, dentre outras. Os cordados também apresentam particularidades no seu desenvolvimento embrionário, como a notocorda, o sistema nervoso dorsal, as fendas branquiais e a cauda.

A notocorda, também chamada de corda dorsal, é um bastão formado por células que se localiza no dorso dos embriões dos cordados. Essa estrutura se origina a partir da diferenciação do mesoderma, sendo que sua função é a de sustentar o tubo nervoso. Na maioria dos cordados,essa estrutura some no fim da fase embrionária.

O sistema nervoso dorsal, também conhecido como tubo nervoso dorsal, origina-se da ectoderme do embrião (formando o tubo nervoso) e está localizado na região dorsal do corpo, sob a notocorda do embrião. É a partir desse tubo que será formado o sistema nervoso. Na parte anterior do corpo do embrião há uma dilatação desse cordão, formando a vesícula encefálica, que nos animais vertebrados dará origem ao encéfalo.

As fendas braquiais, também chamadas de fendas faringianas, têm função respiratória e são encontradas aos pares na faringe de alguns animais cordados, como os peixes. Nos outros animais cordados,como répteis, aves e mamíferos, as fendas branquiais originam estruturas como a tuba auditiva.

A cauda dos cordados é uma região do corpo que vai além do ânus e é constituída de músculos e notocorda. Em animais como os peixes, a cauda serve para a natação; já para outros cordados, como os jacarés e lagartos, a cauda tem papel fundamental no ataque e também na defesa desses animais. Os macacos são animais que utilizam a cauda para se locomover e também para manipular alimentos e objetos. Na espécie humana, e também em outras espécies, a cauda desaparece totalmente durante o desenvolvimento embrionário, atrofiando-se e formando o cóccix no final da coluna vertebral.

São conhecidas até hoje 45 mil espécies de animais cordados. Eles se encontram divididos em três subfilos: Cephalochordata (cefalocordados), Urochordata (urocordados) e Vertebrata ou Craniata (vertebrados). Os animais pertencentes aos subfilos Cephalochordata e Urochordata são cordados mais simples, desprovidos de crânio e coluna vertebral e muito conhecidos como protocordados ou cordados invertebrados. Já os animais que representam o subfilo Vertebrata são dotados de crânio e coluna vertebral, e abrangem 98% de todos os cordados. O crânio encontrado nos vertebrados pode ser de natureza óssea ou cartilaginosa e se localiza na cabeça com a função de proteger o encéfalo. A coluna vertebral se localiza na região dorsal do corpo do animal e é composta pelas vértebras.


Por Paula Louredo Moraes
    Deixe seu comentário para "Cordados"


    DESTAQUES
    Confira os destaques abaixo

    ..................................................

    Química
    Compreenda as peculiaridades da razão do tipo infravermelha.

    ..................................................

    Física
    Você sabe como ocorre a reflexão e refração da luz? Confira aqui!

    ..................................................